Motociclismo

Jorge Lorenzo mais forte que Marc Marquez triunfa no Red Bull Ring

Marc Marquez pode ter partido da ‘pole position’ e aparentado que iria somar mais uma vitória no Grande Prémio da Áustria de MotoGP, mas Jorge Lorenzo teve ‘resposta’ para o Campeão do Mundo.

Lorenzo saiu que nem um ‘foguete’ da linha de partida e surpreendeu tudo e todos na largada para a corrida. Depois procurou afastar-se dos adversários mais diretos, o que não conseguiu.

Marquez perseguia a Ducati # 99 e não descansou enquanto não se ‘colou’ à sua traseira e a deixou para trás. Parecia que iríamos ter uma prova como muitas que já vimos até aqui, em que Andrea Dovizioso conseguia numa fase posterior chegar-se ao seu companheiro de equipa e ser o melhor representante das Desmosedici no final.

Mas a história no Red Bull Ring seria bem diferente. É que depois de aparentar problemas de pneus, Jorge Lorenzo conseguiu de novo afastar-se do seu colega de equipa e partir em busca de Marc Marquez. Acabou por anular a vantagem do espanhol da Honda e conseguiu passá-lo.

Obviamente que numa pista teoricamente favorável à Ducati, Marquez tinha um plano; estudar as trajetórias do maiorquino e passá-lo perto do final, acreditando que os pneus dianteiros macios da Ducati # 88 acabassem por ser um aliado. O Campeão do Mundo ultrapassou Lorenzo a uma volta do fim, fazendo esquecer a maior velocidade em reta da Desmosedici.

O piloto da Ducati voltou a ultrapassar Marc Marquez antes da primeira curva, e quando o piloto da Honda esperava que Jorge Lorenzo fizesse a mesma trajetória na segunda curva este alterou-a e com isso surpreendeu o Campeão do Mundo, ‘voando’ assim para um triunfo memorável.

Espetador distante desta luta pelo triunfo, Andrea Dovizioso teve de contentar-se com o último lugar do pódio, lamentando a deterioração dos pneus da sua Ducati para não poder discutir a primeira posição até final.

Cal Crutchlow esteve sempre a ‘anos-luz’ dos três primeiros, mas bem cedo se instalou na quarta posição, acabando assim por ser o melhor dos ‘outros’, numa corrida onde as Yamaha confirmaram as dificuldades previstas pelos seus pilotos. Valentino Rossi foi o melhor representante da marca, mas não conseguiu ir além da sexta posição ainda que não terminando muito longo do quinto classificado, Danilo Petrucci. O ‘Doutor’ perdeu assim mais terreno para Marc Marquez no campeonato.

Classificação

1º Jorge Lorenzo (Ducati) 39m40,688s

2º Marc Marquez (Honda) + 0,130s

3º Andrea Dovizioso (Ducati) + 1,656s

4º Carl Crutchlow (Honda) + 9,434s

5º Danilo Petrucci (Ducati) + 13,169s

6º Valentino Rossi (Yamaha) + 14,026s

7º Dani Pedrosa (Honda) + 14,156s

8º Alex Rins (Suzuki) + 16,644s

9º Johann Zarco (Yamaha) + 20,760s

10º Alvaro Bautista (Ducati) + 20,844s

Mais partilhadas da semana

Subir