Economia

Impostos poderão ser pagos através de débito direto

O secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, Fernando Rocha Andrade, revelou ao Diário de Notícias que os contribuintes poderão pagar impostos por débito direto. Uma iniciativa que poderá entrar em vigor ainda este ano.

O Imposto Único de Circulação (IUC) e o Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) poderão ser cobrados diretamente pelo banco, o que evita que os contribuintes tenham multas por atrasos no pagamento. Estes são os impostos que os contribuintes pagam mais coimas por atrasos.

“No que diz respeito ao IMI, esta é uma medida que já tínhamos equacionado. Os contribuintes que estão no estrangeiro, por exemplo, poderão fazer o pagamento atempadamente sem incorrer em multas e sem ter um representante em Portugal que lhes trate do assunto”, afirmou Paulo Ralha, presidente do Sindicato dos Trabalhadores dos Impostos, àquele diário.

Esta modalidade de pagamento poderá entrar em vigor ainda este ano.

0Shares

Mais partilhadas da semana

Subir