Mundo

Holanda e Reino Unido já começaram a votar para as Europeias

Os britânicos e os holandeses começaram hoje a votar para eleger os seus representantes no Parlamento Europeu, num escrutínio cujo calendário se estende até domingo.

As eleições na Holanda são seguidas com atenção na Europa, já que o impulso populista esperado neste escrutínio poderá começar neste país, onde um partido eurocético, anti-imigração e cético quanto às questões climáticas lidera as sondagens.

As assembleias de voto no Reino Unido, chamado às urnas apesar do Brexit, abriram cerca das 07:00 locais (mesma hora em Lisboa), meia hora depois da abertura na Holanda.

No total, cerca de 360 milhões de eleitores votarão em 28 países para eleger 751 eurodeputados até domingo à noite.

Depois do Reino Unido e Holanda, os primeiros a abrir o ato eleitoral, segue-se a Irlanda, na sexta-feira, e Letónia, Malta e Eslováquia, no sábado. Na República Checa o voto prolonga-se por dois dias, sexta-feira e sábado.

Todos os outros Estados-membros, incluindo Portugal, que elege 21 deputados, escolheram domingo para a ida às urnas.

Além da abstenção, que tem crescido a cada nova eleição e nas últimas europeias (2014) foi de 57 por cento no conjunto dos Estados-membros, estas eleições estão marcadas pela expectativa de uma maior fragmentação do Parlamento Europeu, com a ‘coligação’ maioritária entre conservadores e socialistas ameaçada pelo crescimento de liberais e nacionalistas.

Outra das particularidades deste exercício eleitoral é a provável alteração da composição do hemiciclo e, consequentemente, da correlação de forças no PE aquando da saída do Reino Unido da União Europeia (UE).

Até que o Brexit se concretize, o Reino Unido elege os seus 73 eurodeputados e o PE mantém os 751 lugares atuais.

A partir do momento que o país deixe de ser membro, o PE passa a ter 705 eurodeputados, com parte dos 73 lugares dos britânicos a serem redistribuídos por outros Estados-membros e parte a ficar numa ‘reserva’ para futuros alargamentos.

Mais partilhadas da semana

Subir