Nas Notícias

Governo Regional da Madeira revela que lugares de avião perdidos deverão ser repostos no inverno

O Governo Regional da Madeira revelou hoje que “a larga maioria dos lugares de avião perdidos” desde o Reino Unido e a Alemanha deverá ser reposta “no próximo inverno”.

“Graças ao esforço que tem vindo a ser desenvolvido pela ANA, em articulação com o Governo Regional e a Associação de Promoção da Madeira, a larga maioria dos lugares de avião perdidos desde o Reino Unido e a Alemanha, para a Região, deverá ser reposta já no próximo inverno”, é referido num comunicado do Governo Regional da Madeira.

Um dia depois de uma reunião, em Lisboa, entre o vice-presidente do Governo Regional, Pedro Calado, a secretária regional do Turismo, Paula Cabaço, e a administração da ANA, o executivo madeirense adianta que, no encontro, foram discutidas as acessibilidades aéreas “de e para a região”, “a reposição dos lugares de avião para o próximo inverno” e “a necessidade premente da região captar novas rotas e novas frequências”.

Relativamente aos “lugares perdidos”, o Governo Regional recorda que decorrem da falência das companhias aéreas Monarch, Niki e Air Berlim.

“No caso do Reino Unido, estima-se que esta reposição ronde os 82 por cento, reposição que se espera praticamente integral. Quanto ao mercado alemão, com uma expectativa de 97 por cento de lugares de avião repostos”, lê-se na nota do Governo.

No encontro, é ainda referido, foi também discutida a performance do Aeroporto da Madeira e o Plano de Contingência turístico.

Mais partilhadas da semana

Subir