EUA

Fraudes nas emissões: EUA investigam carros da Mercedes com BlueTEC

mercedes emissoesO escândalo das emissões poluentes tem agora a Mercedes-Benz no olho do furacão. As autoridades dos EUA estão a investigar os motores a diesel com a nova tecnologia da marca alemã, o BlueTEC, apresentados como “os mais limpos e avançados diesel do mundo”.

Quase meio ano depois de rebentar o escândalo envolvendo a Volkswagen, agora é a também alemã Mercedes que se encontra no olho do furacão.

As autoridades dos EUA estão a investigar os novos motores a diesel da Mercedes-Benz, apresentados como “os mais limpos e avançados diesel do mundo”.

Em causa está a acusação de que os motores com a tecnologia BlueTEC contornam os limites de emissões definidos pela autoridade ambiental dos EUA quando as temperaturas estão baixas.

“Contactámos a Mercedes e pedimos os resultados de testes de motores a diesel nos Estados Unidos”, confirmou a porta-voz da Agência para o Ambiente (EPA, na sigla original), Julia Valentine, citada peal AFP.

Christopher Grundler, responsável pela qualidade do ar da EPA, adiantou ao jornal Handelsblatt que os motores com a tecnologia BlueTEC podem trabalhar com uma temperatura inferior a 10 graus centígrados, o que seria suficiente para ‘disfarçar’ as emissões poluentes.

Uma acusação que “não tem fundamento”, de acordo com um porta-voz da Mercedes que a Reuters citou sem identificar, e que vai levar o fabricante alemão a recorrer “a todos os meios legais” para se defender, embora mantendo “o espírito de cooperação” com as agências como a EPA.

Segundo a mesma fonte, o problema deve-se à falta de tratamento dos gases no sistema de escape para evitar a condensação, que poderia originar corrosão e comprometer o funcionamento do escape e do próprio motor. Mas esse problema, acrescentou a mesma fonte, não é em si uma ilegalidade.

No site, a tecnologia BlueTEC é apresentada com a vantagem de reduzir “ao mínimo as emissões” dos motores a diesel “ultramodernos, permitindo baixar o seu consumo”.

Mais partilhadas da semana

Subir