Desporto

Fórmula 1: Porta-voz recusa comentar pneumonia de Michael Schumacher

schumacher sabine khem porta-vozschumacher porta-voz 600Sabine Kehm, porta-voz e empresária de Michael Schumacher recusou-se a confirmar que o antigo piloto de Fórmula 1 – que continua em coma induzido no hospital de Grenoble depois do seu acidente de esqui em Dezembro passado – tenha ultrapassou uma pneumonia.

Kehm não quis comentar os rumores de que Schumi tenha sofrido mesmo uma pneumonia, dizendo apenas que a família “acredita fortemente” na sua recuperação. E que “qualquer nova informação decisiva sobre a saúde” do alemão serão comunicados.

“A família de Michael gostaria de expressar novamente os seus sinceros agradecimentos pela simpatia contínua vindos de todo o mundo. Os votos que recebem ajuda a família e estamos convencidos de que eles, também, ajudam Michael, que ainda está em processo de acordar do coma”, refere a porta-voz de Schumacher.

“Todas as vezes numa situação destas nenhum dia é igual ao outro. A família agradece a compreensão de que não gostaria de divulgar informações médicas, a fim de proteger a privacidade de Michael. Como assegurar desde o início, vamos continuar a comunicar qualquer nova informação decisiva sobre o estado de saúde de Michael”, prossegue Sabine Kehm.

“Estamos conscientes de que a fase de despertar pode levar um longo tempo. Continuamos a acreditar fortemente na recuperação de Michael e a colocar toda a confiança nos médicos, enfermeiros e equipa de auxiliares de enfermagem. O importante não é a rapidez da recuperação, mas que esse processo de Michael progrida de forma contínua e controlada”, acrescenta a empresária de Schumi.

Mais partilhadas da semana

Subir