Smartphones

Filtro considerado racista foi retirado do Snapchat

Foto: Windows Phone Central

Foto: Windows Phone Central

Um novo filtro no Snapchat, que supostamente seria para enriquecer a plataforma com mais uma novidade, teve pouco mais de 24 horas de vida. Em causa está o facto de o filtro ter sido considerado racista por vários utilizadores.

O filtro em causa teria sido apelidado no Twitter de ‘yellow face’ (cara amarela), fazendo referência aos rostos asiáticos. O filtro permitia que os utilizadores tirassem uma foto e, através do filtro, transformassem o seu rosto num rosto asiático.

Vários utilizadores da aplicação não se mostraram muito agradados com o filtro, afirmando que o mesmo era racista, por criar uma diferenciação do povo asiático.

Como em todos as atualizações do Snapchat, a ideia deste filtro era tornar a app mais divertida e não ofensiva. Responsáveis do Snapchat afirmaram que a adição deste filtro foi baseada em personagens de anime japonesas e que nunca pensaram que as mesmas pudessem ofender os utilizadores.

Relembre-se que, já não é a primeira vez que o Snapchat passa por uma situação destas. Foi no passado mês de abril que um outro filtro – inspirado no Bob Marley – que criava rastas e dava um tom mais escuro à pele dos utilizadores causou grande polémica.

O filtro que pretendia dar mais um entretenimento aos utilizadores da app durou pouco mais de 24 horas. É provável que o filtro volte, mas com um nome diferente, que não faça referência à diferenciação de pessoas ou etnias.

3Shares

Mais partilhadas da semana

Subir