Nas Notícias

Enfermeira trocou turno no INEM e queria surpreender amigos

Aos poucos vão sendo conhecidos novos dados e histórias sobre o trágico acidente que vitimou quatro membros da tripulação do helicóptero do INEM, que se despenhou em Valongo, no sábado. Sabe-se agora que a enfermeira Daniela Silva tinha trocado o turno e queria surpreender os seus amigos bombeiros de Baltar, que realizavam a tradicional ceia de Natal no dia do trágico acidente.

Conta o jornal i, nesta terça-feira, que Daniela Silva, a enfermeira que morreu na queda do helicóptero, trocou de turno com uma colega e fazia contas de estar presente na tradicional ceia de Natal dos bombeiros de Baltar, ainda que por breves momentos.

“À partida não seria sábado [que estaria a trabalhar], mas a jovem tinha aceitado trocar o turno com uma colega”, revela o i sobre as ironias do destino.

A meio da tarde de sábado, a equipa da aeronave do INEM foi chamada a transportar uma idosa com problemas cardíacos de Bragança para o Porto.

“Estávamos à espera dela na nossa Festa de Natal quando a tragédia aconteceu”

O transporte por meio aéreo foi realizado até à cidade Invicta, sendo que a aeronave seguia, depois, para Macedo de Cavaleiros, onde está a sua base, não sem antes parar para abastecer, precisamente em Baltar, onde Daniela Silva contava estar, ainda que por breves momentos, com os amigos da corporação a que estava ligada desde os seus 14 anos.

“Nunca a esqueceremos, esteve 20 anos a trabalhar connosco e estávamos à espera dela na nossa Festa de Natal quando a tragédia aconteceu, fomos todos apanhados de surpresa, ficamos consternados, foi indescritível aquilo que se viveu e ainda vive aqui com toda a situação”, conta o comandante dos bombeiros de Baltar, ao jornal i.

O funeral de Daniela Silva realizou-se nesta terça-feira, em Baltar, e contou com a presença de Marcelo Rebelo de Sousa.

O relatório preliminar da Proteção Civil sobre a queda do helicóptero do INEM em Valongo, divulgado nesta terça-feira, aponta falhas à NAV Portugal, ao 112 e ao Comando Distrital de Operações de Socorro do Porto (Proteção Civil).

Mais partilhadas da semana

Subir