Desporto

Djokovic regressa ao top-10 quase nove meses depois

O tenista sérvio Novak Djokovic reentrou hoje no ‘top-10’ mundial, um dia depois de vencer Wimbledon, terceiro ‘Grand Slam’ da temporada, com a vencedora feminina, a alemã Angelique Kerber, a subir ao quarto lugar.

Depois de uma lesão o ter afastado da competição durante vários meses, Djokovic voltou no domingo a vencer um ‘major’, ao derrotar o sul-africano Kevin Anderson na final de Wimbledon, subindo 11 posições, para o 10.º lugar.

Desde final de outubro de 2017 que ‘Nole’ não estava no ‘top-10.

Apesar de ter perdido a final, Kevin Anderson subiu ao quinto posto, a sua melhor classificação de sempre.

No topo mantém-se tudo igual, com o espanhol Rafael Nadal na liderança, à frente do suíço Roger Federer e do alemão Alexander Zverev.

Apesar de ter caído na primeira ronda em Londres, João Sousa subiu um lugar para 44.º, com Gastão Elias (126.º) e Pedro Sousa (136.º) a descerem no ‘ranking’.

Na hierarquia feminina, Kerber, que venceu Wimbledon no sábado, subiu ao quarto posto, enquanto a romena Simona Halep mantém-se na liderança, à frente de Caroline Wozniacki, com a norte-americana Sloane Stephens a subir a terceira.

A norte-americana Serena Williams, finalista vencida em Londres, subiu 153 lugares e é agora 28.ª da hierarquia.

Mais partilhadas da semana

Subir