TV

CSO, o Pac-Man em versão satélite que vai papar o lixo no Espaço

Uma empresa suíça vai desenvolver uma nave que, ao melhor estilo do jogo Pac-Man, vai ‘papar’ o lixo espacial, como pequenos satélites em fim de vida. O CleanSpace One já está em testes e deve começar a ‘aspirar’ a órbita da Terra em 2018.

Lembra-se do jogo Pac-Man? O popular jogo das ‘Arcades’ vai regressar numa versão especial, perdão, espacial.

A empresa suíça eSpace está a desenvolver uma nave para ser um ‘aspirador’ espacial. O CleanSpace One (CSO), que se encontra em fase de testes, foi projetado para agarrar um pequeno satélite (também de origem suíça), o SwissCube.

Inicialmente, o CSO foi desenhado com uma garra, que iria prender o ‘cubo’ (um satélite com cinco anos cuja missão termina em 2018) para depois ‘mergulhar’ rumo à Terra, com a reentrada na atmosfera a dissolver (por combustão) os dois aparelhos.

O problema, admitiram os especialistas, é que ‘agarrar’ um minúsculo satélite na imensidão do Espaço não é tão fácil como parece.

“Basta um erro de captura do SwissCube para que o CleanSpace One seja se perca no espaço”, alertou a chefe do projeto, Muriel Richard-Noca, preocupada com uma eventual falha na definição da trajetória, da velocidade ou da distância.

Foi então que surgiu a ideia do Pac-Man: ao invés da garra, o CSO foi desenvolvido como a ‘personagem’ do jogo, tendo por função ‘papar’ o pequeno cubo suíço. Ao guardá-lo no ‘estômago’, há apenas um objeto a reentrar na atmosfera, minimizando um eventual impacto por parte das poeiras que vão resultar da combustão.

“Este mecanismo é mais confiável e oferece uma maior margem de manobra se levados em consta do que sistemas como uma garra ou mão articulada”, explicou Michel Lauria, professor de tecnologia industrial da Universidade de Ciências Aplicadas de Genebra (HES-SO HEPIA).

O Pac-Man, que está em fase de testes, deverá começar a ‘aspirar’ a órbita da Terra em 2018.

7Shares

Mais partilhadas da semana

Subir