Mundo

Catalunha: Dezenas de milhares de pessoas manifestam-se em Barcelona

Dezenas de milhares de pessoas vindas de toda a Catalunha participam no centro de Barcelona numa grande manifestação convocada pelos sindicatos independentistas contra a condenação dos políticos envolvidos na tentativa separatista de 2017.

A concentração tem lugar no Passeio de Grácia, no centro de Barcelona, num dia de “greve geral” na Catalunha convocada por esses sindicatos e conta com milhares de pessoas vindas a pé em seis “Marchas pela Liberdade” saídas na terça-feira de diferentes cidades da comunidade autónoma.

Inicialmente forma anunciadas cinco “marchas”, mas uma sexta formou-se quinta-feira à noite, organizada pelos CDR (Comités de Defesa da República).

À cabeça da manifestação está um cartaz com a palavra de ordem “Pelos direitos e liberdades, greve geral” com o logótipo dos sindicatos que convocaram a concentração.

A atmosfera é de festa e convívio com pessoas de todas as gerações e com vários cartazes a pedir a “libertação dos presos políticos”.

Os independentistas consideram que os condenados pelo Tribunal Supremo são “presos políticos”, enquanto os defensores da unidade de Espanha afirmam que se trata de “políticos presos”.

Nos últimos quatro dias, grupos de jovens independentistas têm enfrentado a polícia de forma violenta nas ruas do centro da cidade, provocando estragos em montras, esplanadas, contentores e automóveis.

Os movimentos de protesto começaram na segunda-feira, depois ser conhecida a sentença contra os principais políticos catalães responsáveis pela tentativa de independência em outubro de 2017.

Os juízes decidiram condenar nove deles a penas até 13 anos de prisão por delitos de sedição e peculato.

Depois do anúncio da sentença, os independentistas têm feito cortes de estradas e de vias de caminho-de-ferro um pouco por toda a Catalunha.

0Shares

Mais partilhadas da semana

Subir