Mundo

Atira-se de uma janela com a filha bebé ao colo para se vingar da mulher

Um homem com 27 anos cometeu suicídio e transportou para a morte a filha de 1 ano, saltando do quarto andar do Hospital Universitário de la Paz, em Madrid. As autoridades espanholas estão a investigar o caso.

Um homem suicidou-se, na manhã desta sexta-feira, saltando de um quarto andar de um hospital em Madrid, e carregando nos braços uma menina de 1 ano, sua filha.

De acordo com a imprensa local, o salto para a morte ocorreu depois de uma alegada discussão com a mulher do homem e mãe da bebé.

O incidente ocorreu na manhã desta sexta-feira, às 8h50 em Espanha (7h50 em Lisboa).

Ainda segundo os jornais espanhóis, os enfermeiros e pessoal ouviram gritos num quarto e deslocaram-se ao local para verificar o que se passava. No entanto, nesta altura já o homem tinha saltado da janela do quarto.

Ter-se-á tratado de uma vingança deste pai, para magoar a mulher, de origem chilena.

“Vais pagar com o que mais te dói”, gritou, antes de saltar, numa alusão à perda da menina.

O homem estava naquela unidade de saúde com a mulher, para uma visita à bebé, que se encontrava internada, no serviço de Pediatria. A menina sofria de uma cardiopatia, mas estava bem e recebera alta momentos antes.

Os bombeiros tentaram salvar as duas vítimas, mas o óbito foi declarado no local, após tentativas falhadas de reanimação.

A mãe também recebeu apoio médico. Ficou em estado de choque, com uma crise de ansiedade. As autoridades estão a investigar o caso.

0Shares

Mais partilhadas da semana

Subir