Motores

Álvaro Parente à conquista de Bathurst

Álvaro Parente regressa à competição no próximo fim de semana para disputar as 12 Horas de Bathurst, uma prova que já venceu em 2016.

Poucos dias depois de ter participado nas 24 Horas de Daytona, o piloto português está de novo em ação, depois de viajar da Florida (Estados Unidos) para a Austrália, onde tem lugar esta prova, que marca o arranque do International GT Challenge.

Parente vai tripular um McLaren 720S GT3 da 59Racing, que irá partilhar com Ben Barnicoat e Tom Blomqvist. Mas conhecedor dos desafios que representa o Circuito de Mount Panorma, sabe também que a equipa tem possibilidades de ser bem sucedida.

“Acredito que temos todos os argumentos para nos batermos por uma boa classificação. O carro é muito competitivo, a equipa muito competente e do lado dos pilotos todos nós já mostramos ser capazes de vencer”, começa por dizer o piloto relativamente à corrida do próximo sábado.

Álvaro Parente não menospreza a concorrência, onde figuram diversas formações com apoio de fábrica e a maior parte dos melhores pilotos de GT do Mundo: “Vamos dar o nosso melhor para alcançarmos um bom resultado e estarmos entre os candidatos à vitória. O nível competitivo das 12 Horas de Bathurst está cada vez mais elevado e este ano será um confronto duro, com um conjunto de adversários numeroso e muito competitivo”.

“O circuito é muito exigente, não admitindo erros, e a corrida é longa, obrigando a muito consistência da parte dos pilotos, uma boa estratégia do lado da equipa e a competitividade e fiabilidade do carro. Vamos trabalhar para estarmos em condições de lutar pela vitória e podermos comemorar um bom resultado”, acrescenta o piloto português, determinado para prova que terá o seu início no sábado às 18h45 (portuguesas).

1Shares

Em destaque

Subir