Apresentações/Novidades

A ofensiva McLaren com o 600 LT Spider

Chama-se 600 LT Spider e é a aposta da McLaren para este ano. Um superdesportivo que é o quinto do género produzido pela marca de Woking.

Esteticamente há muitas semelhanças com a variante coupé, com quem partilha o motor e a transmissão, mas a sua carroçaria foi otimizada e foi pensada com a performance em mente. Um verdadeiro ‘animal de pista’.

O chassis é concebido em carbono, tal como são muitos outros componentes, como o enorme difusor traseiro e a ‘asa’ traseira, por forma a baixar o peso do conjunto e garantir um fluxo otimizado de ar. Segundo a McLaren gera uma força descendente de 100 kg quando o 600 LT Spider roda a uma velocidade de 250 km/h.

Da mesma forma as suspensões foram repensadas, recorrendo a triângulos em alumínio forjado com amortecedores recalibrados, apoios de motor mais rígidos e sistema de travagem que recorre a discos em carbocerâmica.

Tudo isto foi pensado para tirar o máximo partido do motor 3,8 litros V8 biturbo, que debita 600 cv e, servido pela caixa automática de sete velocidades, permite a ir de 0 a 100 km/h em somente 2,9 segundos e atingir uma velocidade máxima de 324 km/h.

Claro que este ‘puro sangue’ britânico – que é servido por um interior requintado e onde a fibra de carbono está presente em muitos componentes, nomeadamente as ‘bacquets’, que são revestidas em alcântara – e será produzido num número muito limitado de unidades.

Mais partilhadas da semana

Subir