Fórmula 1

Daniel Ricciardo vai rumar à McLaren

Se a Ferrari confirmou Carlos Sainz Jr na Ferrari para 2021, a McLaren fez o mesmo para Daniel Ricciardo, com o australiano a deixar a Renault no final do ano.

É a ‘dança das cadeiras’ na Fórmula 1 desencadeada pela saída de Sebastian Vettel no final de 2020 anunciada há dois dias.

No entanto sabe-se que os contactos entre Ricciardo e a McLaren não sáão de ontem, já que o piloto de Perth possui um contrato de dois anos com a Renault que expira no final da presente temporada.

Um dos motivos para o australiano deixar a marca do losango prende-se com a performance, pois a fiabilidade não tem sido um ponto forte da Renault, face aos propulsores da Mercedes, de que a McLaren vai dispor a partir do próximo ano.

Com a saída de Carlos Sainz Jr para a Ferrari o caminho ficou ‘livre’ para Daniel Ricciardo se juntar a Lando Norris na equipa de Woking, onde a eficácia e rigor alemães de Andreas Seidl – um ex-responsável da Porsche Motorsport – tem também contribuído para os desempenhos positivos da formação britânica em 2019.

Para a McLaren será importante ter um piloto com a experiência do australiano, que na F1 tem 171 participações em grandes prémios, sete vitórias, 29 pódios e três ‘pole-position’.

Na sua conta na rede social Twitter Ricciardo agradeceu à equipa Renault a forma como foi aceite na equipa, mas referiu: “Mas não terminamos (esta temporada) e mal posso voltar à grelha este ano. O meu próximo capítulo não é para já, por isso vamos terminar esta fortes. Obrigado”.

0Shares

Em destaque

Subir