Desporto

Portugal teve um caso Lopetegui, reage a imprensa espanhola

Ainda em choque com a saída do selecionador em vésperas do início do Mundial, a imprensa espanhola começou a reagir, lembrando que Portugal teve de resolver um ‘caso Lopetegui’ durante um Campeonato da Europa.

O incidente tomou Espanha de assalto, a três dias (foi ontem) do primeiro jogo da seleção do país vizinho no Mundial da Rússia, que é na sexta-feira… contra Portugal.

O Real Madrid, o clube com mais jogadores na seleção, anunciou a contratação de Julen Lopetegui, o selecionador. Foi ontem, e hoje a Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF) anunciou o despedimento de… Lopetegui.

No país vizinho, era inevitável o debate público sobre todas as consequências deste caso, a três dias (começou ontem) do primeiro jogo de Espanha no Mundial.

Para tranquilizar (?) os adeptos, a imprensa do país vizinho arranjou já um exemplo comparativo: nada mais, nada menos do que o adversário do jogo inaugural no Mundial, Portugal.

Em 2008, quando a Seleção Nacional tinha acabado de jogar o segundo encontro da fase de grupos do Europeu (vitória por 3-1 sobre a República Checa), o Chelsea anunciou a contratação do selecionador de Portugal, o brasileiro Luiz Felipe Scolari.

A ‘escolha’ não foi inocente. Ao contrário do que aconteceu agora com Lopetegui, Scolari continuou como selecionador. E Portugal não voltou a vencer, perdendo o terceiro jogo da fase de grupos (Suíça, 0-2) e sendo depois eliminado, nos oitavos de final do Europeu, pela Alemanha (2-3).

Scolari foi então para o Chelsea, Lopetegui já não orienta mais a Espanha (foi substituído por Hierro).

“A RFEF apelo ao máximo respeito para manter a normalidade na concentração da seleção nacional, em vésperas da estreia no torneio diante de Portugal”, justificou a federação espanhola. Será que vai resultar?

Veja o resumo dos dois jogos em que Portugal foi orientado pelo treinador anunciado pelo Chelsea, no Euro’2008.



Mais partilhadas da semana

Subir