Arte Chocalheira é Património da Humanidade, decide Unesco (com vídeo)

Depois do Cante Alentejano, a arte chocalheira do Alentejo foi eleita Património Imaterial da Humanidade, com necessidade de salvaguarda urgente. A decisão da Unesco, Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura, foi anunciada nesta terça-feira, na capital na Namíbia.

Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura aprova candidatura da arte chocalheira como Património da Humanidade.

A decisão foi tornada pública nesta terça-feira e não suscitou qualquer dúvida no comité Intergovernamental para a Salvaguarda do Património, que reúne em Windhoek.

Na capital da Namíbia, esteve presente a delegação portuguesa, liderada pelo presidente do Turismo do Alentejo, António Ceia da Silva, e pela embaixadora de Portugal, Helena Paiva.

A produção de chocalhos artesanais encontra-se atualmente em vias de extinção, principal motivo que levou a região a avançar com a candidatura a Património da Humanidade na lista de salvaguarda urgente. E o objetivo foi atingido

Este é o segundo ano consecutivo em que o Alentejo e a arte daquela região conquistam um reconhecimento da Unesco.

Recorde-se que em 2014, em novembro, o Cante Alentejano também foi elevado a Património Imaterial da Humanidade.

Veja o vídeo em baixo uma reportagem sobre a Arte Chocalheira, que deve agora ser preservada, mais do que nunca.


Patrocinado

Newsletters PT Jornal

O que quer receber?

Mais partilhadas da semana

Subir
error: