Europa

Agente de polícia suspensa por se ausentar para mudar penso higiénico

Uma agente de polícia em Espanha foi suspensa por dois dias, por ter tido necessidade de mudar o penso higiénico durante a patrulha. De acordo com o El País, o episódio ocorreu no Dia Internacional da Mulher.

A Guardia Civil espanhola está sob um coro de críticas, em resultado de um processo disciplinar que deu em castigo.

Uma mulher teve de deixar a patrulha para mudar um penso higiénico e foi suspensa por dois dias, sem vencimento.

Segundo conta o El País, a agente estava a realizar uma patrulha numa área portuária, quando sentiu necessidade de substituir o penso higiénico.

Demorou entre cinco e 10 minutos a ir a uma casa de banho público, situada perto do local. E quando regressou ao posto, encontrou um superior hierárquico, que a repreendeu, de forma agressiva.

“Não me venhas com desculpas. Podes ir à casa de banho antes ou depois da patrulha, mas nunca podes ir durante”, repreendeu o agente, aos berros, perante testemunhas.

O caso já seria humilhante, mas agravou-se com a decisão do tenente, que avançou com um processo disciplinar. A agente acabou suspensa por dois dias, sem vencimento.

Esta história tem um detalhe sarcástico: ocorreu no Dia Internacional da Mulher, a 8 de março.

6Shares

Mais partilhadas da semana

Subir