Hoje é dia

3 de junho, morre Franz Kafka, um dos maiores escritores de ficção

A 3 de junho de 1924, morre Franz Kafka, um dos maiores escritores de ficção do século XX, que criou personagens ainda atuais, que enfrentam conflitos existenciais, questionam os objetivos da vida e acabam sós.

Hoje é dia de recordar Kafka, uma dos grandes escritores mundiais, entre os mais influentes da literatura ocidental. A maioria dos seus textos permanece incompleta e foi publicada postumamente. No entanto, a sua obra nunca perdeu atualidade.

Franz Kafka nasceu em Praga, Áustria-Hungria (atual República Checa), a 3 de julho de 1883. Era membro família judia, de classe média, e notabilizou-se com uma obra realista, à frente do seu tempo.

As personagens kafkianas enfrentam conflitos existenciais, como o Homem atual, e têm dificuldade em definir um rumo. O mundo kafkiano é desprovido de um objetivos de vida, de uma repetida dúvida existencial.

Essas personagens acabam quase sempre sozinhas, vítimas dos factos, que se tornam sempre o pior inimigo. A solidão é a fuga. A paranoia e os delírios de influência estão muito ligados à obra kafkiana.

Os seus trabalhos mais reconhecidos são ‘A Metamorfose’, ‘Um Artista da Fome’ e os romances ‘O Processo’, ‘América’ e ‘O Castelo’.

Kafka morre a 3 de junho de 1924, num hospital em Kierling, na Áustria. A causa oficial da morte foi insuficiência cardíaca, mas o escritor sofria de tuberculose desde 1917.

Neste dia, recorda-se também Isaac Rabin, que a 3 de junho de 1974 é eleito o primeiro-ministro de Israel.

Em 1989, o governo da República Popular da China envia tropas para desocupar a Praça da Paz Celestial, depois de sete semanas de ocupação por manifestantes.

E em 2006, Montenegro proclama independência, na sequência de um referendo, separando-se da Sérvia, no fim da ‘Sérvia e Montenegro’ e da última união da extinta Jugoslávia.

Nasceram a 3 de junho Charles Lecocq, compositor francês (1832), Raoul Dufy, pintor francês (1877), Josephine Baker, cantora, atriz e dançarina norte-americana (1906), Tony Curtis, ator norte-americano (1925), Marion Zimmer Bradley, escritora norte-americana (1930), Raúl Castro, presidente de Cuba (1931), Billy Powell, músico inglês (1952), e Rafael Nadal, tenista espanhol (1986).

Morreram neste dia Georges Bizet, compositor francês (1875), Franz Kafka, escritor checo de língua alemã (1924), o Papa João XXIII, 262.º Papa (1963), Roberto Rosselini, cineasta italiano (1977), Aiatolá Khomeini, líder xiita iraniano (1991), e João Aguiar, escritor português (2010).

Hoje, assinala-se o Dia Internacional do Administrador de Pessoal e da Comunidade Social, criado pela ONU.

Mais partilhadas da semana

Subir