Hoje é dia

26 de novembro, morre Cesariny, o mestre do surrealismo

Cesariny, pintor e poeta, considerado o principal representante do surrealismo português, morreu a 26 de novembro de 2006. Hoje é dia de recordar o mestre.

Antologista, compilador e polémico historiador das atividades surrealistas, Mário Cesariny nasceu a 9 de agosto de 1923.

Filho de um ourives, completou o curso de cinzelagem e outro de Belas Artes. Também estudou música, tornando-se um brilhante pianista, mas o pai pretendia que Cesariny seguisse a arte da ourivesaria.

Em 1947, viajou até Paris onde frequenta a Académie de la Grande Chaumière e conhece André Breton, cuja influência o leva a participar na criação do Grupo Surrealista de Lisboa.

Este grupo, do qual também faziam parte Alexandre O’Neill, Moniz Pereira e Cândido Costa Pinto, surgiu como forma de protesto libertário contra o regime de Salazar e o neorrealismo, dominado pelo Partido Comunista Português.

Cesariny dedica-se à pintura e, sobretudo, à poesia, vigiado pela Polícia Judiciária. Foi obrigado a humilhantes apresentações e interrogatórios regulares, devido à sua homossexualidade, que vivencia sem qualquer segredo. Apenas com o 25 de Abril deixa de ser perseguido.

Apesar da excelência da sua escrita, Mário Cesariny enfrentava grandes dificuldades financeiras. E dedica-se à pintura como modo de subsistência.

A partir de 1980, a obra poética de Cesariny é reeditada, o que a leva a ser redescoberta por uma nova geração de leitores.

Cesariny morre a 26 de novembro de 2006, vítima de doença prolongada. Doou o espólio à Fundação Cupertino de Miranda e, por testamento, deixou um milhão de euros à Casa Pia.

Nasceram a 26 de novembro John Harvard, sacerdote calvinista inglês (1607), Catarina de Bragança, rainha consorte britânica (1638), e Charles Schulz, cartoonista norte-americano (1922).

Nasceram também Adolfo Pérez Esquivel, arquiteto argentino e ativista de direitos humanos, Nobel da Paz (1931), Tina Turner, cantora, compositora e atriz norte-americana (1939), Fausto, cantor português (1948), e Mari Alkatiri, ex-primeiro-ministro de Timor-Leste (1949).

Morreram neste dia César Guerra-Peixe, compositor brasileiro (1993), Daniel Nathans, microbiologista norte-americano (1999), Plínio Doyle, advogado e bibliófilo brasileiro (2000), Takanori Arisawa, compositor e arranjador japonês (2005), e Mário Cesariny, pintor surrealista português (2006).

Quer receber o Hoje é Dia todos os dias na sua caixa de correio?


Patrocinado

Newsletters PT Jornal

O que quer receber?

Mais partilhadas da semana

Subir
error: