Desporto

Sporting de Braga tem de estar “na máxima força” para passar Felgueiras 1932

O treinador do Sporting de Braga, Abel Ferreira, disse hoje que a sua equipa tem de estar “na máxima força” e “jogar com qualidade” para eliminar o Felgueiras 1932 da Taça de Portugal de futebol, no domingo.

“A experiência diz-me que estes jogos são um desafio ao caráter dos jogadores e ao caráter competitivo da equipa”, disse hoje o técnico ‘arsenalista’ na conferência de imprensa de antevisão à visita à formação de Felgueiras.

O Felgueiras 1932 alinha no Campeonato de Portugal, dois escalões abaixo dos bracarenses, mas Abel Ferreira considerou haver “bons jogadores e treinadores em todas as divisões” e, embora admitindo que o adversário tem “recursos diferentes”, disse esperar “dificuldades” no recinto adversário.

“Temos de demonstrar ao que vamos do primeiro ao último minuto. É um dos maiores desafios que vamos ter esta época. Temos de ser uma equipa equilibrada em todos os momentos e que estar na máxima força, ganhar os duelos, sermos agressivos e jogar com qualidade, percebendo que do lado contrário vai estar uma equipa motivada”, avisou.

Abel Ferreira assumiu sonhar com a conquista da Taça de Portugal como treinador, depois de ter vencido como jogador ao serviço do Sporting. Contudo, notou que mais do que no “sonho”, importa focar-se “no caminho”.

“Para que os sonhos se tornem realidade teremos de ser fiéis aos nossos princípios, estando sempre alerta”, reforçou.

O técnico disse ainda que o defesa esquerdo Ailton tem uma tendinite no tendão de Aquiles e que está de fora das opões e avançou que Marafona será o titular da baliza bracarense, mas não quis revelar quem serão os substitutos de Wilson Eduardo e Esgaio, castigados.

“São jogos demasiados sérios. Como dizia o meu avô, humildade e caldos de galinha nunca fizeram mal a ninguém”, disse.

Sporting de Braga, líder da I Liga, a par com o Benfica, e Felgueiras 1932, sexto classificado da seria A do Campeonato Nacional, defrontam-se no domingo, às 20:00, no Estádio Dr. Machado de Matos, em Felgueiras.

Mais partilhadas da semana

Subir