Motociclismo

‘Speedy’ Gonçalves recupera a liderança do Desafio Ruta 40

Paulo Gonçalves está a realizar no Desafio Ruta 40 a prova que não conseguiu no Rali do Atacama, e na terceira etapa da prova argentina do ‘Mundial’ de Todo-o-Terreno recuperou a liderança da classificação geral.

Numa tirada que compreendia uma especial de 201 quilómetros – encurtada para 141 km por razões de segurança – o piloto português da Honda impôs a sua ‘lei’ como fizera na primeira etapa deste rali e completou o percurso em 2h04m38s, batendo o chileno Pablo Quintanilla, da Husqvarna, o segundo mais rápido, por 2m54s.

Como o australiano Toby Price (KTM) foi apenas quarto e perdeu 4m34s para Gonçalves, o piloto de Esposende regresso ao comando da prova, agora com 1m13s de vantagem sobre Quintanilla e 5m38s sobre Price, enquanto Ricky Brabec, companheiro de equipa de ‘Speedy’ na Honda conseguiu ser o terceiro mais veloz, a 5m10s do português, ainda que na ‘geral’ a quarta posição pertença a Mathias Walkner (KTM), que depois da queda da véspera conseguiu manter-se em prova.

“Comecei em quarto e consegui tirar partido da minha posição de partida. Por isso tentei aproximar-me dos que estavam à minha frente e consegui alcançá-los antes da especial ter sido encurtada cerca de 130 quilómetros”, explicou Paulo Gonçalves após a etapa.

“Correu bastante bem e a mota portou-se lindamente. Amanhã terei de abrir a estrada. Vou tentar o meu melhor e não perder muito tempo, de modo a chegar ao final do dia com hipóteses de ganhar a corrida. Cheguei aqui a tentar recuperar o meu ritmo após um longo período de inatividade e estou contente porque estou a melhorar de dia para dia”, rematou o piloto de Esposende.

Mais partilhadas da semana

Subir