Motores

Polémica com inscrições nos campeonatos regionais

Por lapso no PT jornal desta quinta-feira noticiamos uma polémica com as inscrições no Campeonato de Portugal de Ralicross, polémica essa que tem a ver com os campeonatos regionais de ralis e que aqui passamos a esclarecer.

Uma autodenominada Comissão de Pilotos queria que as organizações baixassem os valores de inscrições para os 250 euros. Ao que a ACOR (Associação dos Clubes Organizadores de Ralis) reagiu.

A ACOR salientou que tal valor é “incomportável para qualquer clube que organize provas”, e lembrou os gastos que as organizações têm de enfrentar. Referindo, por exemplo, que “por cada concorrente o clube organizador paga 38,00 Euros de seguro e 25,00 Euros por um localizador GPS, equipamento que é fundamental em caso de acidente, pois permite um imediato acionamento de meios em caso de acidente. Estes valores estão já incluídos no preço da inscrição, tal como o IVA à taxa legal”.

Depois que “cada elemento dos bombeiros e das forças policiais, fundamentais para a manutenção da segurança é pago a partir de 12,50 euros à hora, durante as provas”.

A Associação dos Clubes Organizadores compara esses gastos com os que os concorrentes farão com um carro mais barato – motor 1,6 ltros e duas rodas motrizes –, que com participação, custos de preparação, treinos, pneus, combustível, portagens e refeições poderá chegar aos 60 mil euros. Já sem falar na revisão que os veículos sofrem após as provas.

A ACOR diz que “as inscrições para a próxima prova têm um custo de 320,00 Euros. O proposto pela autodenominada Comissão de Pilotos é de 250,00 Euros. Ou seja está a ser discutida uma verba de menos de sete por cento de um orçamento muito optimista. Além disso, se pensarmos que num automóvel competitivo, os custos inerentes à participação facilmente se aproximam de cem Euros por quilómetro de troço cronometrado, então aí estaremos a falar de 1,4% do orçamento por prova, em termos de inscrição. É neste tipo de valores que assenta o protesto da autodenominada Comissão de Pilotos”.

0Shares

Mais partilhadas da semana

Subir