Tecnologia

Morreu Paul Baran, o cérebro da Internet

Paul Baran, o engenheiro que esteve na origem da criação dos fundamentos técnicos para a Arpanet, faleceu, aos 84 anos. Era considerado um dos grandes precursores da Internet.

O polaco Paul Baran foi um dos criadores da Arpanet, rede que deu origem à Internet, tal como a conhecemos nos dias de hoje. Morreu aos 84 anos, vítima de cancro no pulmão.

A sua marca no mundo da comunicação está relacionado com a transferência de dados através da extinta Arpanet, rede que, no entanto, deu origem à Internet tal qual a conhecemos nos dias de hoje.

Arpanet – que resulta do acrónimo de Advanced Research Projects Agency Network, do Departamento de Defesa dos EUA – é a primeira rede operacional de computadores. Paul Baran foi um dos elementos que a desenvolveram, para transferir informação de forma segura.

Foi através desta rede, desenvolvida por Paul Baran e a sua equipa de engenheiros, que durante a Guerra Fria os norte-americanos se defenderam dos ataques da extinta União Soviética, criando uma rede de comunicação segura, que defendeu o Pentágono.

A partir da Arpanet, nasce a Internet. O legado de Paul Baran é, por isso, eterno, apesar da sua morte.

0Shares

Mais partilhadas da semana

Subir