Motociclismo

Miguel Oliveira melhora tempos nos treinos livres no Qatar

Miguel Oliveira teve uma atuação muito positiva nos primeiros treinos do Grande Prémio do Qatar de MotoGP, que este fim de semana marca a sua estreia na disciplina,

Depois de rodar em 1m56,061s e superar o piloto oficial da KTM Johan Zarco na primeira sessão, o português da KTM Tech 3 melhorou a sua marca em seis décimas na segunda sessão, ao rodar em 1m55,635s, ficando a cinco décimas do francês.

“Hoje foi algo complicado no final. Sabia que o segundo treino livre ia ser importante e toda a gente estava a tentar uma volta rápida, mas no final não conseguimos tirar total partido do pneu que tínhamos”, justificou Miguel Oliveira.

O piloto de Almada explicou também: “Estamos a tentar perceber o que podemos melhorar na moto para ganhar mais controlo nas curvas, que parece ser o aspeto decisivo e o que nos faz ser mais lentos. Mas acredito que amanhã podemos fazer um bom terceiro treino e talvez ficar um pouco melhor posicionados. Certamente que estamos longe da segunda qualificação, mas vamos dar o máximo para ficarmos um pouco mais próximos”.

Ainda assim Oliveira mostrou-se mais adaptado à condução da RC16, ainda que gastando mais dois segundos que o mais rápido, Marc Marquez, um dos três pilotos que no Circuito de Losail rodou abaixo de 1m54s. Os outros foram Maverick Viñales, quatro décimas mais lento do que o Campeão do Mundo, e Jack Miller, que na Ducati da equipa Pramac gastou mais cinco décimas do que Marquez.

Valentino Rossi, que na primeira sessão fora o mais veloz, com 1m55,048s, não foi desta feita além do 17º registo e piorou a sua marca em mais de uma décima, enquanto o vice-campeão do Mundo Andrea Dovizioso foi mais lento do que o seu novo companheiro de equipa na Ducati, Danilo Petrucci, e quedou-se pela sexta marca na segunda Desmocedici oficial.

48Shares

Mais partilhadas da semana

Subir