TV

Menina sem braço adota gatinho com três patas (com vídeo)

Uma menina que deixou de ter o braço esquerdo, amputado devido a um cancro quando tinha 10 meses, teve como prenda de Natal um gatinho que teve uma pata amputada.

Devido a um cancro agressivo e raro, a pequena Scarlette Tipton teve de fazer quimioterapia, aos 10 meses de idade, e acabou por ter o braço esquerdo amputado.

Como parte da recuperação, a família decidiu-se a adotar “um animal com necessidades especiais”.

“Queríamos um animal com o qual ela se relacionasse, com o qual sinta uma ligação especial enquanto cresce”, explicou a mãe.

Ao saber que havia um gato com três patas no San Jacinto Valley Animal Campus, a família foi até lá para o ver, na véspera de Natal.

O tal gatinho tinha sido operado de urgência, depois de ter ficado com uma pata presa pelo capô de um carro.

“Ela viu que o gato tinha agrafos de lado, apontou e disse ‘dói dói’. Eu disse que sim, que o gatinho tinha dói dóis como ela, e então ela pôs a mão junto ao local da operação e repetiu ‘dói dói’”, recordou a mãe.

A ligação entre a menina sem um braço e o gatinho de três patas foi imediata. A família adotou o Holy, mas trocou o nome escolhido pela equipa do abrigo por Doc, uma personagem dos desenhos animais preferidos de Scarlette Tipton.

https://www.youtube.com/watch?v=ATSP2NUG8ug

453Shares

Mais partilhadas da semana

Subir