Fórmula 1

Fórmula 1: Bernie Ecclestone investigado na Suíça

BernieEcclestone 2BernieEcclestone 2 600{loadposition inline}Bernie Ecclestone está a ser investigado na Suíça devido a um alegado caso de suborno relacionado com a Fórmula 1. Segundo um relatório divulgado pelo jornal Finantial Times promotores helvéticos estão a analisar um suborno feito ao banqueiro alemão Gerhard Gribkowski.

Segundo o relatório foi feito um pagamento de 44 milhões de dólares, que terá desempenhado um papel na venda da F1 ao grupo CVC, em 2006. O qual levou à prisão de Gribowski por suborno, abuso de confiança e evasão fiscal.

Esta investigação ao ‘patrão’ da Fórmula 1 segue-se ao processo iniciado pelo Ministério Público de Munique, que indiciou Ecclestone como parte ativa no suborno, e que leva ao seu julgamento na Alemanha no começo de 2014.

Caso avance para tribunal outra ação judicial contra Bernie Ecclestone na Suíça, será a terceira que lhe é movida a propósito de irregularidades na CVC, uma vez que o F1 ‘supremo’ é também acusado em Londres com pedido de indemnização a Costantin Medien (na ordem dos 168 milhões de euros), por alegada participação da BayernLB (47%) ter sido desvalorizada quando foi vendida a CVC.

0Shares

Mais partilhadas da semana

Subir