Motores

Festa de Taça animou Mação

A pista da Boavista, em Mação, foi ‘palco’ da Taça de Portugal de Ralicross, Kartcross e Super Buggy. Uma festa de competição bem disputada.

Desportivamente João Ribeiro chamou a si o troféu na Super 1600, Pedro Tiago na Nacional A 1.6, João Novo na 2RM, Rafael Rego na Iniciação, Paulo Godinho nos Super Buggy e Alexandre Borges no Kartcross.

Não foi uma surpresa que João Ribeiro viesse a triunfar na espetacular categoria Super 1600. É o detentor do título nacional e esperava-se que dominasse em Mação. Só que a sua tarefa viria a ser complicada por problemas mecânicos, que o forçaram a abandonar numa das corridas de qualificação, ganha por Bruno Gonçalves.

Gonçalves impôs-se também no último confronto antes da final, esperando-se que pudesse fazer o mesmo na final. Mas João Ribeiro tinha outras ideias e regressou muito forte. Realizou uma grande recuperação, depois de um arranque em que evitou a confusão que se gerou após a largada.  O campeão viria a vencer, com José Queirós a ser terceiro, na frente de Hélder Ribeiro e João Novo, já que António Sousa foi o único prejudicado com os toques iniciais, ficando parado em pista.

Na Nacional A 1.6 Pedro Tiago dominou desde a qualificação, ainda que com Leandro Macedo muito próximo, esperando-se um grande duelo entre os dois para a final, marcada por duas partidas devido ao capotamento de Leonel Sampaio.

A segunda partida permitiu a Pedro Tiago assumir novamente as ‘rédeas’ da categoria, voltando a impor-se a Leandro Macedo, com Tiago Ferreira e Luís Morais nas posições imediatas.

João Novo era o favorito na 2RM e confirmou esse estatuto, apesar da pressão exercida por Adão Pinto. Vítor Mendes completou o pódio numa categoria onde Ricardo Mendonça foi quarto depois de dois terceiros lugares nos confrontos de qualificação.

Rafael Rego dominou a Iniciação desde o começo do fim de semana, apesar da oposição que Gonçalo Novo lhe moveu, mas o piloto do Toyota Starlet acabou mesmo por ter de se contentar com o segundo posto, numa categoria pouco concorrida.

Nos Super Buggy Nelson Barata parecia lançado para mais um troféu, depois de vencer a primeira corrida de qualificação, mas Paulo Godinho venceu na última corrida de qualificação e perfilou-se como um candidato. Só que a final ditaria outro desfecho, pois um excelente arranque de Ricardo Faria dificultou a tarefa a Godinho, que acabaria por se impor, com Barata a ser terceiro atrás de Faria.

Finalmente no Kartcross, a mais concorrida do fim de semana, Rui Nunes parecia bem lançado ao impor-se na segunda corrida de qualificação, antes de Alexandre Borges vencer a segunda, criando grande expetativa para a final, onde vários incidentes acabaram por deixar vários concorrentes de fora. Borges saiu incólume e saiu vencedor, batendo Rui Nunes e Daniela Godinho.

 

0Shares

Mais partilhadas da semana

Subir