Fórmula 1

Esteban Ocon e a rivalidade com Max Verstappen

A contratação de Max Verstappen pela Toro Rosso em 2015 ainda ‘está atravessada’ na memória de Esteban Ocon.

O francês que regressou este ano ao ativo da Fórmula 1 para competir pela Renault – após um ano em que apenas foi ‘reserva’ da Mercedes – não esquece o momento em que foi preterido em favor do holandês que agora representa a Red Bull Racing.

O francês tem ‘atravessada’ a contratação do holandês pela Toro Rosso em 2015

Embora o percurso dos dois pilotos seja bem distinto, e Max tenha já ganho grandes prémios, Esteban mostrou o seu talento aos comandos da Force India/Racing Point, conseguindo pontuar com uma equipa que era, e é, nitidamente inferior à formação de Milton-Keynes.

Ao site oficial da Fórmula 1 o gaulês não esquece a rivalidade com o holandês e um incidente que protagonizou com Max no Grande Prémio do Brasil de 2018. No fundo foi um reavivar dos despiques que ambos protagonizaram nos tempos do karting.

Ocon pode ter a sua grande oportunidade agora na Renault

“Corri contra Max Verstappen pela primeira vez em 2010. Foi um ano difícil com a transição para as competições internacionais”, recorda Ocon, destacando: “O Karting é difícil. Estava sozinho com o meu pai lutando contra as grandes equipas. Max e eu sempre lutamos muito próximo em pista”.

O francês da Renault também não esquece outros momentos da carreira em que ‘colidiu’ com o talento e personalidade do holandês da Red Bull: “Lembro-me de uma corrida em Itália que venci. Estávamos muito à frente de todos os outros. Foi uma rivalidade que começou ali e cresceu”.

“Garanti o título da F3 europeia. Mas foi um momento difícil quando o Max assinou um contrato para correr na Fórmula 1. Foi difícil de engolir quando soube da notícia. Ele tinha sido terceiro no campeonato e eu, que ganhei, não estava em lugar nenhum, apenas uns testes na GP2”, recorda Esteban Ocon.

Mas o francês nunca desistiu do seu sonho: “Usei isso (não ter entrado na F1 logo) como motivação. Sabia que tinha de trabalhar duramente para me manter no topo se quisesse ir para a Fórmula 1. Era o meu objetivo. Não necessariamente lutar contra ele (Verstappen), mas competir com ele na F1”.

0Shares

Em destaque

Subir