Motores

Erik Jones começa o ano com o ‘pé direito’ na Nascar

Erik Jones não podia ter começado melhor o ano na Nascar Cup, uma prova que serve de ‘aperitivo’ para o arranque do campeonato, que acontecerá uma semana depois, com as 500 Milhas de Daytona.

O piloto da Joe Gibbs impôs-se na Busch Clash, que se diputou na pista do norte da Florida, depois de ter assumido a liderança na fase final da corrida de 88 voltas, aproveitando a ajuda do seu companheiro de equipa Denny Hamlin.

Esta ajuda do piloto do Toyota # 11 acabou por não ser recompensada com uma subida ao pódio, já que Hamlin acabou por danificar a frente do seu Camry depois de um contacto com o Chevrolet # 9 de Chase Elliot.

O carro de Erik Jones também sofreu alguns danos neste incidente, mas conseguiu manter-se em pista, apesar de “saber que não tinha o carro mais rápido”. Mas conseguiu vencer a prova. “Espero conseguir outro no próximo domingo”, assumiu o ‘dono’ do Toyota # 20 na ‘Victory Lane’ (o pódio das provas norte-americanas).

Caso Jones consiga repetir a proeza nas Daytona 500 será o segundo piloto a fazê-lo no espaço de quatro anos, pois Denny Hamilton foi o último a lográ-lo em 2016.

De referir que este Busch Clash de Daytona não foi concluído por vários ‘notáveis’ da Nascar, sendo a Penske sentiu ‘na pele’ as agruras de se envolver em acidentes, devido a uma carambola na 66ª volta, quando Joey Logano tentou bloquear Kyle Busch, os dois tocaram-se e perderam o controlo do Ford # 22 e do Toyota # 18, num incidente que envolveu também Brad Keselowski, no Ford # 2.

Em baixo os melhores momentos deste ‘aperitivo’ para a temporada que aí vem.

0Shares

Mais partilhadas da semana

Subir