Cultura

Egoísta reedita especial dedicado a Agustina Bessa-Luís para homenagear escritora

A revista Egoísta reeditou este mês um número especial integralmente dedicado à escritora Agustina Bessa-Luis, que tinha sido publicado em fevereiro de 2007, numa homenagem à autora de “A Sibila”, que morreu no passado mês de junho.

Num tamanho mais pequeno do que o da habitual edição trimestral, a revista do grupo Estoril Sol apresenta uma capa assinada por Henrique Cayatte, que reproduz o envelope de uma carta enviada por “correio azul”, dirigida à “Exma. Sra. D.ª Maria Agustina Bessa-Luís”.

Com mais de 80 páginas, a revista reúne excertos de obras de Agustina, textos de amigos da autora, fotografias de Augusto Brázio e desenhos originais de Alberto Luís, marido da escritora.

Entre os excertos publicados nesta edição, encontra-se um do livro “A Ronda da Noite” (2006), obra inspirada no famoso quadro de Rembrandt, que se encontra igualmente reproduzido na revista.

Os textos são assinados por Almeida Faria, Dinis de Abreu, Eduardo Prado Coelho, Fernando Pinto Amaral, Francisco José Viegas, Frederico Lourenço, Hugo Neves, Inês Pedrosa, João Lopes, José Manuel Mendes, Lídia Jorge, Maria Carapeto, Maria Velho da Costa, Mário de Carvalho, Patrícia Reis e Rui Vasco.

A introdução é escrita como uma missiva dirigida a Agustina, na qual o diretor da revista, Mário Assis Ferreira, destacava o “espontâneo desassombro” e “aparente despreocupação” com que a escritora observava o mundo e devolvia ao seu leitor a “peculiar interpretação do mundano e do substantivo, do prosaico e do sublime”.

Esta é a sétima vez que a Egoísta faz uma edição especial (ainda que a presente seja uma reedição) em 19 anos de existência: a primeira foi um tributo a Nova Iorque, por ocasião do 11 de setembro, e depois seguiram-se edições especiais dedicadas a Sophia de Mello Breyner Andresen, a Agustina Bessa -Luís e a Fernando Pessoa.

“Pó de Espólio”, “Juízo” e “Altruísmo” foram os temas das últimas edições especiais da revista.

Lançada em 2000, a Egoísta é uma publicação da empresa Estoril-Sol, que já foi várias vezes premiada, nacional e internacionalmente, a última das quais no mês passado, com três prémios dos Papies 2019 (certame que premeia e reconhece a qualidade de execução da indústria gráfica), que distinguiram as edições 64, 66 e 67, dedicadas aos temas “Fogo”, “Era uma vez” e “Destino”.

Mais partilhadas da semana

Subir