Nacional

“Depressão. Não há que ter medo da palavra”, alerta Judite de Sousa

Judite de Sousa escreveu um pequeno texto sobre a depressão, “a doença do século XXI”. Para ajudar os seguidores que lidam com este estado, a jornalista lembrou que “não há que ter medo da palavra”.

O comentário sobre a depressão surge como outros que a diretora-adjunta da TVI tem abordado no blogue: é uma chamada de atenção, por parte de uma figura pública, para um tema que merece ser analisado de forma aberta e não escondido ‘entre quatro paredes’.

Se mais não fosse, “alguns leitores” têm questionado Judite sobre o assunto.

“Não há que ter medo da palavra”, salientou.

Judite de Sousa revelou ter sido alertada para casos em que as pessoas que sofrem de depressão “revelam ausência de forças para a combater”.

“No nosso tempo, uma grande percentagem de pessoas sofre de depressão, que mais não é do que um estado de tristeza permanente. Para uma corrente da medicina, a depressão é a doença do século XXI”, frisou.

A jornalista, que lutou contra a doença após a morte do filho, André Sousa Bessa (em 2014), apontou que o primeiro passo é “identificar as causas”, sendo depois necessário “ter energia para ultrapassar estados depressivos”.

“Os medicamentos podem ajudar, mas, se deixarmos o nosso cérebro paralisado, não iremos conseguir vencer esse mal”, alertou Judite de Sousa.

Mais partilhadas da semana

Subir