Fórmula 1

Carlos Sainz Jr com nova unidade de recuperação de energia em Sakhir

Carlos Sainz Jr vai ser forçado a utilizar uma nova unidade de recuperação de energia (MGU-K) no seu McLaren no Grande Prémio do Bahrain, depois da anterior não ter reparação possível depois da avaria ocorrida na Austrália.

Com os pilotos a estarem limitados a apenas duas MGU-K por temporada, a mudança para um segundo elemento tão cedo no campeonato pode vir a ser um enorme problema para o piloto espanhol.

Sainz Jr já tinha tido problemas com a MGU-K do MCL34 durante os testes de pré-época, percebendo desde logo que esse poderia ser o ‘ponto fraco’ do seu McLaren.

“Esperemos que eles (Renault) tenham resolvido o problema. Temos estado a estudar o assunto nestes últimos dias e já descobriram a causa destes problemas. Temos algumas soluções para esta corrida e se elas resultarem não precisamos de nos preocupar-mos. Mas é verdade que tivemos problemas destes durante os testes, por isso é algo que se pode considerar como um ‘ponto fraco’ do carro”, referiu o piloto madrileno.

Mas Carlos Sain Jr não quer dramatizar muito o problema, e está otimista para o fim de semana: “Temos de continuar a trabalhar para nos assegurarmos que não há mais pontos que estejam em causa, por tivemos alguns deles na Austrália. A unidade de potência é forte. Demos alguns passos na direção certa e ficamos contentes com eles”.

“Sinto que temos um bom motor, tanto em corrida como em qualificação. As nossas velocidade de ponta no ano passado eram 10-12 km/h mais baixas na sessão de qualificação e este ano estamos apenas abaixo 2-3 km/h. Tem a ver com o apoio aerodinâmico mas também com a melhoria no motor. Infelizmente em termos de fiabilidade fazer só 11 voltas na primeira corrida da época não foi suficiente, por isso esperemos que possamos melhorar isso”, remata o espanhol.

Mais partilhadas da semana

Subir