Motociclismo

À Descoberta de Castelo de Vide pelos caminhos da fé

AdescobertaMCP215

O Moto Clube do Porto (MCP) organizou um passeio que levou os entusiastas das duas rodas numa viagem pela fé e pela raia alentejana, em terras de Castelo de Vida e não só.

Quais peregrinos ‘motards’ unidos pela fé, os participantes nesta viagem puderam ao longo do fim-de-semana alargado do 1.º de Maio, visitar uma região de belíssimas paisagens, às vezes debaixo de muita chuva e frio, usufruindo simultaneamente de um inigualável património e gastronomia.

Apioado pela Antero – concessionária BMW – e pela junta de freguesia dos Carvalhos, este passeio denominado À Descoberta centrou-se na fé, procurando vestígios das três religiões que, ao longo dos séculos, marcaram a história da região raiana – o judaísmo, o cristianismo e o islão.

Todas deixaram o seu rasto indelével na arquitetura, toponímia, artes e gastronomia, servindo assim de tema para esta aventura mototurística promovida pelo MCP.

Esta peregrinação, marcada pelo mau tempo durante a primeira parte do percurso teve quatro pontos de partida simbólicos – Porto, Conímbriga, Évora e Constância – rumando a Castelo de Vide, onde os participantes foram ‘brindados’ logo à chegada por uma animada Ronda das Tascas.

AdescobertaMCP315

Já com estômagos ‘reconfortados’ pela gastronomia e pelo sol, o passeio À Decoberta partiu rumo ao Parque Natural da Serra de S. Mameda, num percurso que levaria a ‘procissão’ de motos até à Barragem de Póvoa e Meadas. A comitiva foi brindada com espetáculo etnográfico do Rancho Folclórico de Castelo de Vida.

Para rematar o dia, e depois de uma curta passeata pelas estradinhas entre montadas, os participantes foram recebidos no Salão Nobre do castelo de Castelo de Vide, para um repasto digno de reis e rainhas.

O MCP reservou para o dia seguinte uma incursão por terras de Espanha, ao longo de 300 quilómetros pela província de Cáceres, desvendando as influências das três religiões nascidas no Médio Oriente, que parecem ter mais pontos em comum do que se supunham.

AdescobertaMCP415

Portagem do Marvão, Valência de Alcântara – com o seu Barrio Judio-Gótico -, Malpartida – e o Museu Vostell  e Cáceres, com paragem na Plaza Mayor, foram alguns dos pontos de interesse, tal como o Palácio de Las Veletas ou o castelo de Albuquerque.

O final da aventura contemplou nova passagem por Marvão, e também por Alegrete, marcando o regresso a Castelo de Vide antes da subida à Senhora da Penha, terminando tudo com mais um jantar no salão nobre do castelo.

2Shares

Mais partilhadas da semana

Subir