Motociclismo

Hélder Rodrigues: “Tem sido o Dakar mais difícil que fiz”

helderrodriguesdakar10

Hélder Rodrigues tem sentido na ‘pele as dificuldades’ do Rali Dakar 2017, que considera ser o mais difícil de todos em que participou. A 13.ª posição na classificação das motos é o resultado possível após uma oitava etapa em que se quedou pelo 18.º tempo.

O piloto de Sintra continua a ser o terceiro melhor homem da Yamaha, que tem no francês Adrian Van Beveren o seu melhor elemento, na terceira posição provisória.

Hélder Rodrigues já sabia que a edição deste ano do Dakar iria colocar grandes dificuldades aos concorrentes, mas não estava à espera que fosse, “de longe um dos mais duros que fiz, e ainda falta muito para o final”.

‘Estrelinha’ admite que se tem “debatido para conseguir um andamento competitivo nas primeiras etapas”, mas que aos poucos está “a chegar lá” e que espera “pelas etapas mais complicadas para tirar partido” da sua grande experiência na prova.

“Da forma como vejo as coisas não me têm sido dadas hipóteses para fazer a diferença, mas tenho a certeza que a minha altura chegará durante os próximos dias”, afirma ainda Hélder Rodrigues, cujos planos continuam a ser continuar a subir gradualmente na classificação.

O piloto português só tem elogios para a sua Yamaha WR450F Rally: “Tem funcionado lindamente. Temos passado por etapas bastante quentes, andado sob chuva torrencial e a grandes altitudes, mas a moto resistiu sempre”.

helderrodriguesdakar9


Patrocinado

Newsletters PT Jornal

O que quer receber?

Mais partilhadas da semana

Subir