Insólito

Foi doar um rim para o filho e foi despedida

O caso tem tanto de insólito como de surpreendente ou até chocante. O caso aconteceu no estado norte-americano da Pensilvânia. Empresa afirma que não quer saber e que tem a lei do seu lado.

Claudia Rendon trabalha, ou trabalhava melhor dizendo, numa empresa de formação. A companhia dedicava-se a vender e a dar cursos de mecânica. Certa altura, ao seu filho foi-lhe diagnosticado um problema num rim. O órgão precisava de ser extraído e o hospital procurava agora um dador compatível.

O caso já é triste por si só mas o mais surpreendente viria a seguir. Claudia faltou ao trabalho para dar uma dádiva de mãe. Foi internada no hospital e doou um rim à sua ‘cria’.

A surpresa aconteceu quando a mulher soube que tinha sido despedida do emprego por faltar ao trabalho. A estação televisiva norte-americana FOX está a acompanhar o caso que está a chocar os estados unidos. À fonte noticiosa, a empresa em questão afirmou que não quer saber da situação de Claudia e que, neste caso, a lei permite fazê-lo, ou seja, despedir alguém por faltar ao trabalho, nem que seja por ter ido ajudar um filho.

Mais partilhadas da semana

Subir