Economia

Costa reage às dúvidas de Bruxelas sobre Orçamento de Estado

O primeiro-ministro, António Costa, reagiu com confiança às dúvidas de Bruxelas, relativamente à proposta de Orçamento de Estado para 2018. “Mês a mês, a Comissão Europeia ganhará tranquilidade”, afirmou, relativizando as preocupações daquela entidade, que coloca Portugal na lista de seis países em risco de incumprimento.

As dúvidas da Comissão Europeia sobre a proposta de Orçamento de Estado para o próximo ano não preocupam António Costa.

“Esta tem sido a análise mais positiva que a Comissão Europeia tem feito dos últimos exercícios orçamentais”, destaca, à margem de uma visita à Escola das Armas, em Mafra.

António Costa está por isso “confiante” na viabilidade do documento e acredita que a Comissão Europeia, “mês após mês”, ficará “tranquila”.

“O Orçamento será seguramente melhorado e não enfraquecido”, referiu ainda o primeiro-ministro, numa alusão às medidas que estão a ser discutidas e que podem agravar os custos do documento, nomeadamente a subida do salário mínimo e o descongelamento de carreiras na Função Pública.

Recorde-se que a Comissão Europeia manifesta preocupações e aponta riscos de incumprimento, colocando Portugal na lista de seis países nesta situação.

Receba esta e outras notícias virais no seu e-mail todos os dias!


Newsletters PT Jornal

O que quer receber?

Mais partilhadas da semana

Subir