Desporto

Corpo de Intervenção chamado à Assembleia do Sporting

Os tumultos verificados durante a Assembleia-Geral do Sporting, no pavilhão João Rocha, obrigaram à chamada do Corpo de Intervenção da PSP.

Após o abandono de Carlos Severino sob escolta policial, a AG do Sporting continua a não dar ares de acalmar.

De acordo com informações recolhidas pela Jornal de Notícias, o Corpo de Intervenção da PSP foi obrigado a acudir ao interior do pavilhão João Rocha para acalmar os ânimos.

As portas do pavilhão foram encerradas por questões de segurança, antes da chegada do Corpo de Intervenção.

Recorde-se que a Assembleia-Geral do Sporting irá definir o futuro de Bruno de Carvalho à frente do clube, tendo em conta as suas propostas.

Caso as alterações de estatutos e as mudanças no regulamento disciplinar não sejam aceites por 75 por cento dos votantes, o líder leonino apresentará a sua demissão.

Mais partilhadas da semana

Subir