Fórmula 1

Robert Kubica não ‘vira as costas’ à Fórmula 1

Apesar de ter deixado a Williams após uma dececionante temporada, Robert Kubica não vai ‘virar as costas’ à Fórmula 1.

E se parece certo que o polaco irá enfrentar um novo desafio no Campeonato Alemão de Carros de Turismo (DTM), vai manter-se ligado à disciplina máxima do automobilismo via Alfa Romeo.

Kubica – vencedor do Grande Prémio do Canadá de 2008 – figura como piloto de reserva da equipa de Hinwill para 2020, graças à parceria que possui com a petrolífera PKN Orlen, que assinou um contrato de vários anos com a Alfa Romeo Racing.

“Estou muito contente por iniciar este novo capítulo da minha carreira com a Alfa Romeo Racing”, refere o polaco de 35 anos que competiu pela BMW Sauber F1 Team na F1 entre 2006 e 2009, sendo que a Alfa Romeo atual mantém a sua dupla de pilotos efetivos de 2019; Kimi Raikkonen e Antonio Giovinazzi.

Robert Kubica lembra o passado: “Esta equipa tem um lugar muito especial no meu coração e estou radiante com o facto de ainda terem restado caras que conheci há muitos anos em Hinwill. Os tempos e as circunstâncias são, evidentemente, diferentes, mas estou convencido que vou encontrar a mesma determinação e sede de sucesso, e espero ajudar a Alfa Romeo Racing a ultrapassar uma nova etapa”.

3Shares

Mais partilhadas da semana

Subir