Mundo

Queda da ponte: 10 feridos no hospital

Um médico revelou que no hospital Kendall Regional Medical Center deram entrada dez feridos resgatados da ponte que colapsou na Universidade da Florida, em Miami, nos EUA.

Não há, no entanto, qualquer informação oficial sobre o número de vítimas mortais.

Mark McKenney, médico no Kendall Regional Medical Center, anunciou que dois dos dez pacientes que deram entrada no hospital se encontram “em estado muito crítico”.

Tratam-se de um paciente que chegou ao hospital em paragem cardíaca, tendo sido reavivado, e outro com uma grave contusão cerebral.

Os restantes oito foram estabilizados, apresentando ferimentos como “ossos partidos, hematomas e queimaduras por abrasão”.

Sobre o que resta da ponte, as equipas de emergência realizam agora furos, na esperança de conseguirem localizar sobreviventes que se encontrem presos nos escombros.

A informação foi confirmada por Paul Estopinan, chefe da divisão de incêndio e resgate de Miame-Dade.

O mesmo responsável precisou ter recebido relatos, de trabalhadores na obra de construção da ponte, de que as placas de betão que formavam o tabuleiro começaram a afastar-se antes do colapso.

Ainda segundo Paul Estopinan, foram retiradas dos destroços da ponte duas vítimas.

Ao que foi apurado até ao momento pelas equipas de resgate, há pelo menos oito viaturas debaixo das placas de betão, que no conjunto dos 55 metros de extensão do tabuleiro pesavam 950 toneladas.

https://playbuffer.com/watch_video.php?v=OY6RARO25WR1

12Shares

Em destaque

Subir