Motores

Félix da Costa quer “bons pontos” no México

António Félix da Costa está motivado para lutar por um bom resultado na prova de Fórmula E que se disputa no próximo sábado na Cidade do México.

O piloto português da DS Techeetah vem de um excelente segundo lugar em Santiago do Chile, pelo que no Autódromo Hermanos Rodrigues pretende subir novamente ao pódio.

Num traçado situado 2.250 metros acima do nível do mar, Félix da Costa sabe que tem um desafio pela frente, sendo que a pista mexicana lhe traz boas recordações, pois no ano passado terminou na segunda posição.

“Depois do fim de semana de Santiago reunimos com os engenheiros, como sempre fazemos, e analisamos as áreas em que estivemos fortes mas também os pontos a melhorar”, começa por dizer o piloto de Cascais.

Para António Félix da Costa é imperativo colmatar aquilo que esteve menos bem no Chile: “A palavra de ordem é trabalho, e queremos manter-nos fortes em performance, embora saibamos que temos de melhorar na gestão da energia e sobretudo das temperaturas das baterias. Algo que tem um papel fundamental na Fórmula E”.

“O nível está muito alto, com muitas equipas a evoluírem os seus carros e cada vez mais competitivas, mas encaro este fim de semana com otimismo. Queremos trazer bons pontos ara casa e se possível estar na luta pelos lugares do pódio”, acentua o titular do Techeetah # 13.

Para este fim de semana a pista da capital mexicana sofreu alterações em relação à época passada, com uma mistura de curvas longas e retas grandes, até chegar à zona do estádio, uma das mais espetaculares da Fórmula E. No total são 16 curvas, num traçado onde se esperam muitas ultrapassagens.

Como é habitual o programa inicia-se na sexta-feira, com uma sessão de conhecimento da pista. No sábado há duas sessões de treinos livres, seguidas da qualificação a partir das 17h35, com a corrida de 45 minutos a decorrer a partir das 21h55 (hora portuguesa).

0Shares

Em destaque

Subir