Motores

Félix da Costa “confiante” para o arranque da nova época no ‘Mundial’ de Resistência

António Félix da Costa está já em contagem decrescente para o início da sua campanha no Campeonato do Mundo de Resistência (WEC) 2019/2020, que terá lugar no próximo fim de semana em Silverstone.

O piloto português trocou o BMW M8 GTE que tripulou na temporada anterior pelo Oreca 07 Gibson LMP2 # 38 da JOTA Sport que vai dividir com Anthony Davidson e Roberto Gonzalez.

Apesar de ter sido um projeto para o qual foi convidado tardiamente Félix da Costa acredita que pode ser bem sucedido, e a começar já pelas 4 Horas de Silverstone, pois tanto o protótipo da equipa britânica como a tripla de pilotos são muito fortes. Isto numa prova onde o Oreca # 38 estreia uma decoração nova alusiva ao regresso da Goodyear à competição.

“O acordo que assinei com a JOTA foi de última hora, pelo que a preparação que tive foi breve. Estive no início desta semana na sede da equipa no simulador e também tive em reuniões com os engenheiros a preparar o melhor possível a corrida deste fim de semana”, começa por esclarecer o piloto de Cascais.

António Félix da Costa diz que iniciar a temporada em Silverstone é bom, pois a pista não não segredos para si, o mesmo sucedendo com o carro e a equipa: “Conheço bem o circuito e estou confiante de que irei estar competitivo desde o início, tal qual de como quando corri de LMP2 em Daytona em 2018. Representando uma equipa como a JOTA o objetivo é sempre lutar pelos lugares da frente, pelo que contamos estar este fim de semana na luta pelo pódio”.

Os companheiros de equipa do piloto português também dispensam apresentações, pois Davidson é um ex-piloto de F1 e de LMP, em equipas como a Honda e a Toyota, e o mexicano Gonzalez também correr há vários anos no WEC.

1Shares

Mais partilhadas da semana

Subir