Mundo

Autoridades de Jacarta declaram estado de emergência

A capital da Indonésia, Jacarta, declarou o estado de emergência para combater a epidemia da doença covid-19, anunciou hoje o governador da metrópole de mais de 10 milhões de habitantes, Anies Baswedan.

“Hoje, a situação enfrentada por Jacarta é muito diferente em relação a uma ou duas semanas atrás. O número de pessoas que morreram é bastante alto e todos sentimos muito”, disse Baswedan, numa conferência de imprensa na qual anunciou a declaração do estado de emergência, que para já vigorará por 14 dias.

Como parte das medidas do estado de emergência, os estabelecimentos de entretenimento público serão fechados a partir de segunda-feira, o transporte público será limitado e às empresas será solicitado que permitam aos seus funcionários que trabalhem a partir de casa.

Além disso, o governador já havia anunciado algumas horas antes que as missas cristãs e as orações muçulmanas de sexta-feira seriam suspensas para tentar conter o novo coronavírus.

Até o momento, 369 casos da doença covid-19 foram detetados na Indonésia, 215 deles na capital, com um total de 32 mortes.

O número aparentemente pequeno de infetados no país, de 264 milhões de habitantes, deve-se ao baixo número de testes realizados, cerca de 450 até 06 de março.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da Covid-19, infetou mais de 250 mil pessoas em todo o mundo, das quais mais de 10.400 morreram.

Das pessoas infetadas, mais de 89.000 recuperaram da doença.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se já por 182 países e territórios, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

0Shares

Em destaque

Subir