Mundo

Venezuela anuncia criação de nova moeda digital, o Petro

Nicólas Maduro, o Presidente da Venezuela, anunciou este domingo a criação de uma criptomoeda local, o “Petro”, para realizar transações financeiras no exterior. O objetivo é fortalecer a economia do país, numa altura em que a moeda real, o bolívar, desvalorizou sobremaneira.

No espaço habitual aos domingos na televisão nacional, Nicolás Maduro anunciou que a Venezuela vai implementar uma nova criptomoeda, apoiada pelas reservas de petróleo, minerais e diamantes do país.

“Quero anunciar que a Venezuela vai implementar um novo sistema de criptomoeda a partir das reservas de petróleo. A Venezuela vai criar uma criptomoeda, o Petro, para avançar em termos de soberania monetária, para fazer transações financeiras e vencer o bloqueio financeiro”, afirmou.

Para a oposição, no entanto, a medida de Maduro não faz sentido. Angel Alvarado, representante da oposição afirmou, segundo a Reuters, que “isto não tem credibilidade” e que é apenas “Maduro a ser palhaço”. Já Jose Guerra adiantou que “não vejo futuro nisso”.

A Venezuela tem vindo a atravessar uma crise económica, política e social, com as importações a diminuirem cerca de 80 por cento, deixando as populações com escassez de remédios e alimentos.

O agravamento da crise, para Maduro, deve-se às sanções impostas pelo governo dos Estados Unidos, interferindo na capacidade do país realizar transferências de dinheiro através de bancos internacionais, indica a Reuters.

A aprovação da nova moeda digital, o Petro, precisará da aprovação do congresso, não havendo ainda informações sobre como e quando a moeda começaria a circular.

 

Receba esta e outras notícias virais no seu e-mail todos os dias!


Patrocinado

Newsletters PT Jornal

O que quer receber?

Mais partilhadas da semana

Subir
error: