Local

Sismos em São Miguel rondam os 300

São já cerca de 300 os sismos registados hoje na ilha de São Miguel, nos Açores. O mais forte teve uma magnitude de 3.6 na escala de Richter, com epicentro a cerca de seis quilómetros de S. Brás.

Desde as primeiras horas da madrugada que os Açores têm sentido um aumento da atividade sísmica, com os efeitos a serem mais notados  na região do Congro, na ilha de São Miguel.

Até ao momento, o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) contabiliza cerca de 300 abalos, embora só 20 tivessem dimensão suficiente para serem sentidos pela população.

O presidente do Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores, Carlos Neves, salientou que a frequência da atividade sísmica está a diminuir.

Ainda assim, o mesmo responsável, citado pela TSF, frisou que todas as entidades de proteção civil estão em alerta e prontas a intervir em caso de necessidade, assim como as Forças Armadas e as Forças de Segurança.

Em maio de 2005, uma crise sísmica prolongou-se por quatro meses.

Mais partilhadas da semana

Subir