Nas Notícias

SIRESP volta a falhar em situação de fogo

Um mês depois do violento incêndio de Pedrógão Grande, o SIRESP voltou a falhar numa situação de emergência. Este domingo, num incêndio em Alijó, Vila Real, o sistema de comunicações de emergência do Estado voltou a ter falhas.

A Protecção Civil confirmou “falhas pontuais” na rede SIRESP em Alijó, ainda que tenha sido mobilizada uma estação móvel de comunicações.

Patrícia Gaspar, adjunta do comando nacional da Autoridade Nacional da Proteção Civil, garantiu que uma estação móvel que estava estacionada no Porto para qualquer eventualidade foi, entretanto, “mobilizada” para as áreas afetadas pelo fogo de Alijó.

Além disto, esta representante da Proteção Civil assegurou “que as comunicações nunca estiveram em causa no teatro de operações”.

“Contudo, e importa sublinhar que as comunicações nunca estiveram em causa.”

O presidente da Câmara Municipal de Alijó, Carlos Magalhães, foi das primeiras entidades a criticar a “dificuldade” com que as comunicações estavam a ser executadas no terreno, apontando “falhas ao SIRESP”.

O incêndio de Alijó deixou um rasto de destruição em casas e carros.

O combate às chamas foi facilitado durante a noite com o arrefecimento do tempo e pelas condições climatéricas que ficaram mais favoráveis.

Receba esta e outras notícias virais no seu e-mail todos os dias!


Vídeos em Destaque

Patrocinado

Newsletters PT Jornal

O que quer receber?

Mais partilhadas da semana

Subir