Desporto

Benfica vence V. Guimarães com Cardozo a bater três penáltis

Cardozo marcou os dois do BenficaJorge Jesus optou por deixar Aimar no banco e Bruno César ocupou o lugar de Nolito. Primeira parte sem grandes oportunidades, teve por três vezes a bola na marca de grande penalidade. Cardozo marcou dois e desperdiçou o outro.

Na Luz, o Vitória aparecia moralizado, naturalmente pela nova equipa técnica. Rui Vitória sucedia a Manuel Machado e queria pontos nesta quarta jornada. A primeira parte teve pouco. O Vitória entrou melhor com um remate de Edgar logo aos três minutos, com Artur a defender para canto. A história restante do primeiro tempo resume-se aos três penáltis assinalados por Duarte Gomes, a favor da formação de Jorge Jesus. Aos 34, aos 36 e aos 45. Óscar Cardozo, chamado a bater os três, marcou o primeiro e o terceiro, falhou o segundo.

Na segunda parte o jogo mudou de ‘cara’. O Vitória de Guimarães conseguiu assustar o Benfica durante várias partes do jogo. Jorge Jesus estava preocupado e chamou Nolito e Aimar, mas a entrada do espanhol e do argentino trouxe pouco de novo ao jogo. Mais tarde viria a colocar Matic ao lado de Javi Garcia.

O golo do Vitória surge na sequência de um lançamento rápido de Nilson, a desmarcar Edgar que descaído na direita remata forte. Ficou a sensação que Artur podia ter feito mais. Estavam decorridos 63 minutos.

Até final da partida o Benfica limitou-se a tentar defender a curta vantagem. Rui Vitória não tinha nada a perder e ia apostando na frente de ataque com a entrada de Sousani. O último esforço da equipa vimaranense não deu qualquer fruto.

Final do jogo com o Benfica a conquistar a terceira vitória consecutiva, depois de Feirebnse e Nacional. A formação encarnada continua na perseguição ao FC Porto que tem agora 12 pontos, depois de vencer ontem o Vitória de Setúbal, mais dois que as águias.

Ficha de jogo

Benfica, 2
Artur, Maxi Pereira, Garay, Luisão e Emerson; Javi Garcia, Bruno César (Nolito, aos 57 minutos), Gaitán (Matic, aos 89 minutos) e Alex Witsel; Cardozo e Saviola (Aimar, aos 61 minutos.

V. Guimarães, 1
Nilson, Bruno Teles, João Paulo, N’Diaye e Alex; El Adoua, Leonel Olimpio (João Alves, aos 70 minutos) e Toscano (Soudani, aos 82 minutos); Faouzi, Barrientos (Nuno Assis, aos 57 minutos) e Edgar.

Jogo no Estádio da Luz (Lisboa), perante cerca de 29 mil espetadores. Ao intervalo: 2-0. Marcadores: Cardozo (34 e 45), Edgar (63). Cartões amarelos: Alex (20), El Adoua (35), João Paulo (35), Bruno Teles (42), N’Diaye (45), Garay (69), Emerson (84), João Alves (86), Maxi Pereira (88) e Artur (90).

Mais partilhadas da semana

Subir