Desporto

“Ainda há muita confusão” com vídeoárbitro, diz presidente da UEFA

Aleksander Ceferin, presidente da UEFA, reconheceu esta segunda-feira que a utilização do vídeoárbitro (VAR) ainda gera “muita confusão”, afastando a hipótese do sistema ser utilizado na próxima edição da Liga dos Campeões.

“Ninguém sabe exatamente como funciona. Ainda há muita confusão”, assumiu Ceferin em Bratislava, na Eslováquia, na abertura do 42.º Congresso ordinário da UEFA.

O dirigente assumiu que não é contra o sistema, mas considera necessário que o mesmo seja explicado de melhor forma.

Desta forma, Ceferin descartou a hipótese de utilização do VAR na próxima edição da Liga dos Campeões. Quanto ao Mundial’2018, na Rússia, apesar das notícias que dão conta do uso da ferramenta, a decisão final só será conhecida no início do mês de março.

O sistema do vídeoárbitro tem sido utilizado em vários campeonatos ao longo desta temporada, com destaque para o português e o italiano, e tem gerado opiniões contraditórias sobre a sua utilização.

Mais partilhadas da semana

Subir