Motores

WTCR em julho em Vila Real e com pelotão de 32 carros

O Concelho Mundial da Federação Internacional do Automóvel reunido esta quarta-feira em São Petersburgo deliberou, entre outras coisas, que a Taça do Mundo de Carros de Turismo (WTCR) terá um limite máximo de 32 carros.

A FIA também anunciou o calendário do WTCR para 2019, que inclui mais uma vez a passagem pelo Circuito de Vila Real. A novidade é que desta vez o traçado português recebe o campeonato a 7 de julho.

Contudo as maiores novidades da próxima temporada para a competição de carros de turismo tem a ver com o número de carros e também com o novo sistema de pontos, que passa a premiar os primeiros 15 classificados de cada corrida. O pelotão de 32 carros só será reduzido para Macau, onde serão admitidas 28 viaturas.

O sistema de pontos irá alocar pontos para os primeiros cinco das sessões de qualificação . De 1 a 5. No ano passado apenas a terceira parte de qualificação oferecia pontos.

O formato de três corridas será mantido, mas em vez de um sistema variável de pontos por corrida, onde a terceira, mais comprida, dava mais pontos e a grelha invertida atribuía menos, as três corridas darão agora os mesmos pontos, mas com os 15 primeiros agora a pontuarem, contra os dez primeiros, como sucedia anteriormente. O sistema de pontos varia entre os 25 para o primeiro, 20 para o segundo, 16 para o terceiro, 13 para o quarto, e a partir do quinto e até ao 15º indo de 11 a 1.

Quanto ao calendário, o campeonato vai iniciar-se a 7 de abril em Marraquexe (Marrocos), seguem-se Hungaroring (Hungria) a 28 de abril, Slovakiaring (Eslováquia) a 12 de maio, Zandvoort (Holanda) a 19 de maio, Nurburgring (Alemanha) a 22 de junho, Vila Real a 7 de julho, Ningbo (China) a 15 de setembro, Suzuka (Japão) a 27 de outubro, Macau a 17 de novembro, e Sepang (Malásia) em data a anunciar.

Mais partilhadas da semana

Subir