Ralis

WRC: Sébastien Ogier vence em Espanha após ataque final

Ogier3 1Ogier3 1 600Sébastien Ogier venceu o Rali de Espanha depois de uma última etapa completamente ao ataque, já que o novo campeão do Mundo arrancou para a tirada na quarta posição, a mais de 40 segundos do líder.

Só que o facto deste derradeiro dia de prova ser disputado em pisos de terra – contrariamente aos das jornadas anteriores – tudo mudou. E como se previa Jari-Matti Latavala saiu claramente prejudicado pelo facto de sair na frente a ‘limpar’ a estrada para os seus adversários.

Este facto beneficiou Ogier, que logo na primeira classificativa do dia rubricou o segundo tempo, mas não Dani Sordo, que perdeu mais de nove segundos e deixou Latvala um pouco mais à vontade no comando do rali.

O pó e mais perdas no caminho levou depois a que tanto o finlandês da Volkswagen como o espanhol da Citroën perdessem mais de 20 segundos para o campeão do Mundo, que ficava a pouco mais de meio minuto da liderança.

No troço antes da assistência Sébastien Ogier voltou a atacar forte e recuperou mais de 15 segundos a Jari-Matti Latvala. O francês manteve o a toada e logo no começo da ronda final reduziu para pouco mais de uma dezena de segundos a desvantagem que o separava do seu companheiro de equipa.

Com nova vitória no troço seguinte e mais de uma dezena de segundos perdidos pelo finlandês da Volkswagen começou a desenhar-se a vitória do campeão do Mundo, que entrou para a derradeira especial com segundo e meio de vantagem sobre Latvala.

E nesta derradeira classificativa Ogier ‘puxou dos galões’ e acrescentou mais de meio minuto ao seu pecúlio, acabando por triunfar sem margem para dúvidas na prova espanhola, ao mesmo tempo que a Volkswagen assegurava uma ‘dobradinha’.

O segundo lugar de Latvala premiou o finlandês por uma prova muito consistente mas sem ’argumentos’ para o seu ‘chefe de fila’ – obrigado a uma grande recuperação após o furo sofrido no segundo dia.

Já Miko Hirvonen beneficiou do abandono do seu companheiro de equipa, já que na 14.ª especial Dani Sordo deu um toque violento que fez arrancar uma das rodas do seu Citroën DS3 WRC. Um desfecho inglório para o espanhol que na véspera já sonhava com uma vitória no seu país.

Neuville3 600

A quarta posição de Thierry Neuville, a mais de meio minuto do vencedor e a mais de 20 segundos de Hirvonen, espelham as dificuldades sentidas pelo belga nos pisos de terra deste último dia, ainda que tenha sido, mais uma vez, o melhor representante da M-Sport,

Classificação final

1.º Sébastien Ogier/Julien Ingrassia (Volkswagen) 3h33m21,2s
2.º Jari-Matti Latvala/Mika Anttila (Volkswagen) + 32,9s
3.º Mikko Hirvonen/Jarmo Lehtinen (Citroën) + 1m13,7s
4.º Thierry Neuville/Nicolas Gilsoul (Ford) + 1m33,9s
5.º Evgeny Novikov/Ilka Minor (Ford) + 2m01,0s
6.º Mads Ostberg/Jonas Andersson (Ford) + 2m26,0s
7.º Martin Prokop/Michal Ernst (Ford) + 4m55,8s
8.º Haydon Paddon/John Kennard (Ford) + 6m55,7s
9.º Robert Kubica/Michal Baran (Citroën) + 11m14,1s
10.º Amhed Al-Kwari/Kenneth Duffy (Ford) + 13m26,8s

0Shares

Mais partilhadas da semana

Subir